O Cotidiano das Freiras

Impressões de Vicky Blumen

Um dos grupos do projeto sombra que mais me chamou atenção foi o das freiras, provavelmente pelo fato de ter estudado em um colégio de freiras por 15 anos, me senti super interessada para saber se o cotidiano era parecido e perceber as diferenças de cada grupo religioso.

As meninas que apresentaram esse projeto sombra visitaram a Toca de Assis que, além da formação de freiras, também abriga mulheres que moram na rua. A recepção foi realmente do jeito que eu esperava, disseram que foram carinhosas e super atenciosas. Havia uma irmã chamada Aline que com apenas 25 anos já tinha formação religiosa, o que nos surpreendeu um pouco, pelo fato da idade ser tão próxima a nossa.

Image                       Image

A Toca de Assis é composta por uma Madre Superiora, três freiras, dez noviças e dez abrigadas. Porém, essa formação não é fixa, realizam trocas de casas esporadicamente. Cada uma das irmãs possui uma função, um exemplo é a Irmã Maria Conceição, que é formada em enfermagem e cuida de todas as abrigadas e irmãs. Ela também faz bazares que são promovidos pela propria casa a fim de juntar dinheiro para ir visitar seu filho, que é portador de deficiência mental e mora em outra cidade.

O cotidiano da casa é estruturado a partir de duas vertentes, o de visar a formação religiosa e o abrigo à mulheres moradoras de rua.

Quando uma mulher decide tornar-se freira, ela passa por um processo discipulado (noviciado) que tem duração de, no mínimo, 5 anos. Nesse período, é acompanhada por um líder espiritual da própria igreja, que pode ser um padre ou uma freira, isso é para ter certeza de que esta é sua vocação e poder fazer os votos perpétuos (de castidade, pobreza, obediência) em uma cerimônia de consagração, tornando-se assim freira. Nos dois primeiros anos, há o confinamento total da noviciada na casa, e após esse tempo, ela tem um período de férias anualmente.

A rotina religiosa é contituída por orações diárias, tanto comunitárias (matutinas, vespertinas e noturnas) como individuais (leitura da bíblia e de livros religiosos; missas que podem ser ministradas tanto na Toca por um padre, quanto na Paróquia Imaculada Coração de Maria), no caso da Paróquia, as irmãs revezam.

Image

Constantemente realizam as missões, que é quando as irmãs visitam casas de prostituição e residências, a fim de evangelizar ou apenas fazer uma oração. Há também as pastoriais, que são mais voltadas para dar um suporte (emocional, material) à população de rua. Realizam também acompanhamento de casais.

A parte das refeições são realizadas no refeitório e este, é um momento de compartilhação entre as irmãs.
Já os deveres domésticos que envolvem, limpar a casa e cozinhar são organizados em escalas, cada uma tendo determinada função na semana, elas contam com uma funcionária para ajudar com essas atividades.

Image

O cuidado com as abrigadas exige um grande esforço e atenção, pois são mulheres idosas e a maioria portadora de algum tipo de deficiência. Porém, algumas possuem autonomia para auxiliarem nos cuidados com a casa. Cada noviça é responsável por uma abrigada.

Os gastos e suprimentos da casa são mantidos por meio de doações e pela realização de bazares com produtos que são confeccionados por elas. As atividades administrativas são realizadas pelas freiras ou pela Madre Superiora.

Em relação ao lazer, a casa possui uma quadra, onde as irmãs jogam bola e as abrigadas tomam sol. Podem também utilizar a televisão, mas apenas em canais religiosos ou noticiários. O lugar onde as freiras descansam/dormem chama-se clausura, mas não é permitida a entrada por lá.

Image

As meninas comentaram que o mais impressionante dessa experiência foi a recepção e o carinho dado pelas irmãs, noviças e abrigadas, receberam de braços abertos e estavam inteiramente dispostas a ajudar. O clima da casa era tranquilizante, e apesar da rotina corrida, elas se entregaram completamente ao projeto, o que transformou as visitas em momentos bons, de discontração e criou um vínculo entre as meninas e as irmãs.

Foi muito bom poder presenciar a apresentação desse projeto sombra, pois me fez dar uma volta em meu passado, em minha infância e juventude que foram vividas ao lado de irmãs e realmente, o clima era muito tranquilizante, calmo. Foi bom também aprender um pouco mais sobre a maneira com que é realizada a formação religiosa e a plena organização existente na vida delas.

About these ads

Deixe um comentário :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s