Para Baixar – Livros Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde

Olá, amigos. Hoje trouxe para o nosso arquivo 9 livros da Série Micropolítica do Trabalho e o Cuidado em Saúde, disponibilizados pela editora Rede Unida em seu site.

A Série é composta por livros e coletâneas organizadas a partir de resultados de pesquisas empíricas e teóricas sobre temas relacionados às linhas desenvolvidas nos últimos anos pelo grupo de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Clínica Médica da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro e/ou por pesquisadores do campo das análises micropolíticas do trabalho e do cuidado em saúde.

livros editora rede unida

LIVROS:

  • Tecnologias leves em saúde: saberes e práticas da residência multiprofissional na estratégia – PDF
  • O Cuidado e a Educação Popular em Saúde – PDF
  • Mais substâncias para o trabalho em saúde com usuários de drogas – PDF
  • Experiências de Apoio Institucional no SUS: da teoria à prática – PDF
  • Micropolítica e saúde: produção do cuidado, gestão e formação – PDF
  • Pesquisadores IN-MUNDO: Um estudo da micropolítica da produção do acesso e barreira em saúde mental – PDF
  • O Trágico na Produção do Cuidado – Uma estética da saúde mental. 1ª Edição Revisada – PDF
  • Corpos, Gêneros e Sexualidades – Dispositivos de Subjetivação. Textos Reunidos. 1º Edição – PDF
  • Corpos, Gêneros, Sexualidades: Políticas de Subjetivação. Textos Reunidos. 2º Edição Atualizada e Revisada – PDF

 

Apresentam uma ampla gama de conteúdos e apontam para múltiplos campos de problematização os quais se integram pelo desafio de ofertas conceituais para pensar o mundo contemporâneo da saúde. Desta forma, as obras desenvolvem um diálogo entre o campo científico, a partir da produção de saberes e conhecimento, em especial dos eixos das Ciências Sociais em Saúde e Política, planejamento e gestão de sistemas e serviços de saúde, com o âmbito de práticas, analisando e repensando a realização das ações em diferentes instituições ou órgãos, seja a partir do usuário, seja a partir das próprias relações de trabalho existentes nos espaços dos serviços.  Saiba mais…

CLIQUE AQUI e acesse a página para download em outros formatos.

Gostaram da sugestão? Alguém já leu algum desses? Ficou curioso por algum título? Comentem!

Anúncios

Para Baixar – Brincadeiras e Jogos Típicos do Brasil

captura-de-tela-2014-10-11-c3a0s-08-15-08

Finalizando as postagens sobre a Semana Mundial do Brincar, hoje trazemos mais um livro para o nosso arquivo do blog, dessa vez o Brincadeiras e Jogos Típicos do Brasil do Geraldo Peçanha de Almeida.

Este material foi recolhido durante minhas andanças pelo Brasil a fora. Foram sugestões de professores que estão atuando em educação básica. Tratei cada jogo com os conhecimentos que tenho em psicomotricidade, lúdico e educação a fim de dar uma unicidade a eles. Fiz o que pude para colocar a disposição um material mais organizado, mais didático e sobretudo, mais prático para aqueles que atuam com educação básica. Tomara que ele possa encontrar as crianças, razão maior deste material.

Prof. Dr. Geraldo Peçanha de Almeida

Nesse material sobre brincadeiras e jogos brasileiros, o autor de forma bem didática descreve cada uma das atividades com seus materiais, formas de brincar, idade adequada e os objetivos psicomotores e psicopedagógicos.

Para fazer o download do material completo clique AQUI!

E ai, o que acharam da indicação de hoje? Tem alguma sugestão para compartilhar conosco? Nos envie por e-mail (unifespart@gmail.com)

Para Baixar – Incluir Brincando: Guia do Brincar Inclusivo

 

captura-de-tela-2015-03-18-c3a0s-09-31-57

Olá amigos. Hoje trago mais um material super útil para o nosso arquivo, o Guia do Brincar Inclusivo que faz parte do Projeto Incluir Brincando, uma iniciativa da Vila Sésamo e da Unicef que buscar contribuir para a garantia do brincar de todas as crianças, cada uma no seu ritmo e individualidade.

No guia você encontra sugestões de brinquedos, brincadeiras e jogos que permitem a participação de todas as crianças, mostrando que incluir é bem mais simples do que parece.

Olha só uma prévia do conteúdo deste guia:

Captura de Tela 2015-03-18 às 10.30.23

“Brincar é um direito humano garantido a toda e qualquer criança e adolescente por inúmeras leis, como a Convenção sobre os Direitos da Criança, de 1989 (Art. 31), a Constituição Federal (Art. 217) e o Estatuto da Criança e do Adolescente (Art. 4 e16).”

Faça o download do material completo clicando AQUI.

E ai, pessoal, gostaram da dica? Se tiver uma sugestão bacana como essa nos envie por e-mail (unifespart@gmail.com)

10 Coisas que todo mundo precisa saber sobre Síndrome de Down

Olá, pessoal, tudo bem? Hoje viemos compartilhar a lista de 10 coisas que todo mundo precisa saber sobre síndrome de Down, disponível na cartilha criada pelo Movimento Down.

Vale a pena conferir, além da lista, a cartilha completa e espalhar as informações com seus amigos e familiares. Se gostar, compartilhe o post!

captura-de-tela-2015-06-10-c3a0s-11-05-52

1. SÍNDROME DE DOWN NÃO É DOENÇA.

A síndrome de Down ocorre quando, ao invés da pessoa nascer com duas cópias do cromossomo 21, ela nasce com 3 cópias, ou seja, um cromossomo número 21 a mais em todas as células. Isso é uma ocorrência genética e não uma doença. Por isso, não é correto dizer que uma pessoa que tem síndrome de Down é doente.

2. AS PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN NÃO SÃO TODAS IGUAIS.

Apesar de indivíduos com síndrome de Down terem algumas semelhanças entre si, como olhos amendoados, baixo tônus muscular e deficiência intelectual, não são todos iguais. Por isso, devemos evitar mencioná-los como um grupo único e uniforme. Todas as pessoas têm características únicas, tanto genéticas, herdadas de seus familiares, quanto culturais, sociais e educacionais.

3. PESSOAS COM SÍNDROME DE DOWN TÊM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL.

Deficiência intelectual não é o mesmo que deficiência mental. Por isso, não é apropriado usar o termo “deficiência mental” para se referir às pessoas com síndrome de Down. Deficiência mental é um comprometimento de ordem psicológica

4 AS PESSOAS TÊM SÍNDROME DE DOWN, NÃO SÃO PORTADORES DE SÍNDROME DE DOWN.

Uma pessoa pode portar (carregar ou trazer) uma carteira, um guarda-chuva ou até um vírus, mas não pode portar uma deficiência. A deficiência é uma característica inerente a pessoa, não é algo que se pode deixar em casa. Diante disso o termo “portador” tanto para síndrome de Down quanto para outras deficiências caiu em desuso.

5 A PESSOA É UM INDIVÍDUO. ELA NÃO É A DEFICIÊNCIA.

A pessoa vem sempre em primeiro lugar. Ter uma deficiência não é o que caracteriza o indivíduo. Por isso, é importante dizer quem é a pessoa para depois citar a deficiência. Por exemplo: o funcionário com síndrome de Down, o aluno com autismo, a professora cega, e assim por diante.

Continuar lendo

Para Baixar – Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos

brinquedos

Olá, amigos. Nossa sugestão de hoje é o Manual de Brinquedos e Brincadeiras Inclusivos, disponível para download no site do  Instituto Mara Gabrilli (IMG) , que é uma associação sem fins lucrativos que desenvolve e executa projetos que contribuem para a melhoria da qualidade de vida de pessoas com deficiência.

O manual contém vários passo-a-passos para adaptar brinquedos e brincadeiras e estimular pessoas de todas as idades a desenvolverem suas capacidades, por meio do brincar.  Veja abaixo alguns exemplos do que você irá encontrar no arquivo:

Captura-de-Tela-2015-07-30-às-08.55.33Captura-de-Tela-2015-07-30-às-08.55.56

Não existe receita para que uma brincadeira seja inclusiva, para que se enquadre em todas as situações. No entanto, algumas premissas são básicas para garantir a diversão de todos.

As principais são:
• Respeitar o tempo de cada um;
• Respeitar o conhecimento de cada pessoa;
• Combinar com os participantes a melhor forma de tornar a brincadeira inclusiva;
• E, por fim, tentar proporcionar a mesma oportunidade de experiência para todos os participantes

E ai, gostaram do post? Gostaríamos de agradecer a dica da @ca.terapeutaocupacional.santos . Se tiver uma sugestão legal que queira compartilhar nos envie por e-mail (unifespart@gmail.com)

Vocês podem baixar o arquivo completo clicando AQUI!